União Europeia e Acordo de Schengen

Quem viaja para a Europa costuma ter em mente duas coisas: “preciso comprar Euro para usar” e “posso viajar para vários países com facilidade”. As duas afirmações são parcialmente verdades, mas o turista precisa ficar atento para algumas coisas.

karta_över_europaNem todo país da Europa usa o Euro.

E muitas vezes você precisa de passar por mais de uma alfândega durante a sua viagem (o que pode, sim, lhe dar problemas).

Por conta disso, eu resolvi fazer esse post (e o vídeo abaixo) de forma a explicar melhor as diferenças entre Europa, União Europeia, Zona do Euro e Acordo de Schengen.

Em primeiro lugar, temos que entender que “Europa” é só uma divisão política (feita há uns 25 milhões de anos) e se refere a um dos seis continentes do mundo. Atualmente, o continente europeu possui 50 Países (ou Estados) Soberanos, que são: Albânia; Alemanha; Andorra; Arménia; Áustria; Azerbaijão; Bélgica; Bielorrússia; Bósnia e Herzegovina; Bulgária; Cazaquistão; Chipre; Croácia; Dinamarca; Eslováquia; Eslovênia; Espanha; Estónia; Finlândia; França; Geórgia; Grécia; Hungria; Irlanda; Itália; Islândia; Letônia; Liechtenstein; Lituânia; Luxemburgo; Macedónia; Malta; Moldávia; Mónaco; Montenegro; Noruega; Países Baixos; Polónia; Portugal; Reino Unido; República Checa; Roménia; Rússia; San Marino; Sérvia; Suécia; Suíça; Turquia; Ucrânia; e Vaticano. Além disso, temos também 6 Estados que não possuem reconhecimento internacional (ou são reconhecidos como Estados somente por alguns países) e 8 territórios dependentes (ou seja, que fazem parte de algum dos Estados Soberanos).

804676Dentro dessa continente, 28 países resolveram se unir em um acordo político-econômico
chamado de União Europeia (ou UE para os íntimos) que facilita a comunicação entre os países e a circulação de mercadorias e pessoas. Esses países são: Alemanha; Áustria; Bélgica; Bulgária; Chipre; Croácia; Dinamarca; Eslováquia; Eslovênia; Espanha; Estónia; Finlândia; França; Grécia; Hungria; Irlanda; Itália; Letônia; Lituânia; Luxemburgo; Malta; Países Baixos; Polónia; Portugal; Reino Unido; República Checa; Roménia; e Suécia.

(OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: em 23/06/2016, a população do Reino Unido votou pela saída da União Europeia. Ainda faltam os procedimentos para que a saída de fato ocorra, portanto a Terra da Rainha ainda é membro da UE – mas logo não será.)

Um dos acordos feitos DENTRO DA UE é a chamada Zona do Euro – ou seja, alguns países da UE adotaram como moeda oficial o Euro. São eles: Alemanha; Áustria; Bélgica; Chipre; Eslováquia; Eslovênia; Espanha; Estónia; Finlândia; França; Grécia; Irlanda; Itália; Letônia; Lituânia; Luxemburgo; Malta; Países Baixos; e Portugal.

Tradução: nem todos os países da União Europeia adotam o Euro (a Dinamarca, por exemplo, adota a coroa dinamarquesa). Por isso, se você estiver indo viajar para lá, é bom ficar atento para qual país você vai e qual é a moeda oficial daquele lugar.euro-banknotes-five-up-to-five-hundred-1270341

Por fim, um outro ponto que eu acho válido comentar, é a existência do Acordo de Schengen, elaborado entre vários países da Europa e que garante a livre circulação de pessoas entre eles. Isso quer dizer que, se você estrou em um país integrante desse acordo (com ou sem a necessidade de visto), você (muito provavelmente) vai transitar entre os outros países sem a necessidade de entrar novamente na fila da alfândega. São integrantes desse acordo: Alemanha; Áustria; Bélgica; Dinamarca; Eslováquia; Eslovênia; Espanha; Estónia; Finlândia; França; Grécia; Hungria; Itália; Islândia; Letônia; Liechtenstein; Lituânia; Luxemburgo; Malta; Noruega; Países Baixos; Polónia; Portugal; República Checa; Suécia; e Suíça.

(É claro que é sempre bom ficar atento: se os seguranças no aeroporto ou estação de trem acharem que você está com uma “atitude suspeita”, eles ainda têm o direito de te barrar ou de pedir para revistar a sua mala.)

Como eu disse lá no começo, todas essas coisas podem influenciar em como a sua viagem para a Europa vai ocorrer.

Um exemplo prático: você decidiu fazer um mochilão pela Europa e vai visitar Paris (FR), Londres (UK), Copenhagen (DIN), Dublin (IRL) e Lisboa (POR).

Com todas as informações que eu te dei você pode entender que:

 

Cidade/País Euro? Schengen?
Paris/FR Sim Sim
Londres/UK Não Não
Copenhagen/DIN Não Sim
Dublin/IRL Sim Não
Lisboa/POR Sim Sim

 

Olhando o quadro, você percebe que se você viajar nessa ordem Paris (FR) – Londres (UK) – Copenhagen (DIN) – Dublin (IRL) – Lisboa (POR), vai ter que passar pela imigração TODAS as vezes (serão 5 alfândegas). E quanto mais alfândegas você passa, maior a chance de alguém não ir muito com a sua cara e da sua viagem dar algo errado. A melhor forma de se viajar é colocar Paris, Copenhagen e Lisboa juntas no seu “pacote” de viagem, pois assim você diminui o número de imigrações pelos quais você deverá passar.

Além disso, é preciso notar que Londres e Copenhagen não aceitam o Euro, por isso o viajante deve ficar atento para levar as quantidades certas das moedas certas.

Espero que tenha ajudado de algo!

Um beijo e até a próxima.

Malu Chan

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s