Diário do Debatedor #03: Parlibrasil – o modelo

14257761_628216880672457_4109542272933930802_o.jpgO texto de hoje visa introduzir, de uma forma sucinta, o modelo de debates adotado pelo IBD nas suas competições.

O tema do debate é apresentado aos debatedores 15 minutos antes do debate, através de uma moção – ou seja, de um tópico parlamentar que deve ser discutido em assembleia.

Assim como os demais modelos baseados no British Parliamentary, no ParliBrasil as rodadas são disputadas entre quatro duplas. Duas duplas são sorteadas para serem favoráveis à moção – são as chamadas duplas de defesa. Duas duplas são sorteadas para serem contrárias à moção – são as duplas de oposição. Ou seja, os debatedores não defendem opiniões pessoais durante o debate, mas sim o “lado” no qual foram sorteados.

Após o sorteio da moção/duplas, os debatedores têm 15 minutos para se preparar para os seus discursos.

Cada discurso possui duração máxima de 7 minutos. Durante o discurso de cada debatedor, o presidente de mesa irá realizar até 4 sinais sonoros (com um martelo ou sineta) distintos: 1) uma única batida, ao fim do 1º minuto, indicando que está aberto o tempo para requerimento de pontos de informação; 2) uma única batida, no início do 7º minuto, indicando o fim do tempo para requerimento de pontos de informação; 3) uma batida dupla, indicando que os 7 minutos de discurso acabaram; 4) batidas ininterruptas, a partir de 7 minutos e 15 segundos até que o debatedor se cale.

Como é possível perceber, o debatedor, após os 7 minutos de discurso, ainda possui 15 segundos de tolerância para terminar o que estava dizendo. Contudo, a partir de 7:15, tudo que ele disser será desconsiderado para o debate e ele irá perder pontos durante a adjudicação.

O debate possui uma ordem específica de discursos a ser seguida, dependendo do sorteio das duplas, e que pode ser resumida no seguinte quadro:

 

Discurso Pessoa Dupla
1º Membro da Defesa 1ª Dupla de Defesa
1º Membro da Oposição 1ª Dupla de Oposição
2º Membro da Defesa 1ª Dupla de Defesa
2º Membro da Oposição 1ª Dupla de Oposição
3º Membro da Defesa 2ª Dupla de Defesa
3º Membro da Oposição 2ª Dupla de Oposição
4º Membro da Defesa 2ª Dupla de Defesa
4º Membro da Oposição 2ª Dupla de Oposição

 

É preciso lembrar, ainda, que alguns debatedores possuem funções específicas a serem realizadas no debate, a saber: 1) o 1º Membro da Defesa é o responsável por fazer a Definição (explicar os termos da moção e delimitar o debate); 2) os 3º Membros (tanto de Defesa quanto de Oposição) devem fazer a Extensão (apresentar uma nova perspectiva à matéria); e 3) os 4º Membros (tanto de Defesa quanto de Oposição) devem fazer os Whips (concluir o debate e mostrar porque o seu lado “ganhou”). Tenham em mente que, nos próximos textos, eu explicarei cada um desses papéis com maior profundidade.

Depois do último discurso, os juízes se reúnem para fazer a avaliação do debate e decidir o vencedor. As posições são, então, divulgadas para os debatedores.

Uma última coisa que é preciso que os competidores saibam: os juízes não possuem autorização de intervir durante a rodada. Eles não esclarecem dúvidas (sobre regras ou temas), não proíbem os debatedores de fazer nada durante os discursos – mas tudo é devidamente anotado para ser ponderado durante a avaliação. É função dos debatedores saber as regras, entender as moções e ser cordiais com seus competidores.

Um beijo e até a próxima.

Malu Chan

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s