Dicionário do fandom

tumblr_static_keep-calm-and-join-fandomsUm dia você se pega gostando TANTO de alguma coisa – uma série, um livro, um filme… – que você resolve entrar na internet e buscar outras pessoas que gostem tanto daquela coisa quanto você (até porque, em geral, seus amigos estão interessados em outras coisas além daquilo). É aí que você descobre o submundo dos fóruns e das fanfics, esse lugar mágico onde a imaginação dos fãs se torna (quase) realidade.

MAS, se você é novo nesse mundo, com certeza está perdido entre tantas palavras diferentes e siglas malucas – eu já estive no seu lugar! –, com um pouco de vergonha de perguntar para alguém o que elas significam.

Este post é um pequeno dicionário para ajudar a sua vida de fangirl/fanboy um pouco mais fácil.

Fandom: é toda a coletividade de pessoas que gostam (muito) de alguma coisa. São os fãs que postam notícias, escrevem fanfics, divulgam teorias, discutem livros ou séries, etc.

Qualquer pessoa que goste de alguma coisa pode ser considerada parte do fandom? Pra mim, nem sempre.

Na minha interpretação do fandom, ele vai mais do que “apenas” gostar de algo. Ele se refere a uma comunidade de pessoas que querem, efetivamente, discutir ou, até mesmo, enriquecer aquilo que gostam.

Fangirl/fanboy: é o fã ávido de alguma coisa, o membro do fandom. Nos últimos tempos passou a ser usado para indicar qualquer um que goste muito de uma história ou até mesmo de um artista.

Canon: tudo aquilo que está escrito na/de acordo com a história original.

Fanon: tudo aquilo criado pelos fãs, seja em forma de fanfics, fanarts ou até mesmo teorias que não foram confirmadas pelo autor.

Fanfic: é uma história feita por fãs, que pode se basear em um livro, série, filme, etc. Fanfics podem ser de vários tipos e ter vários objetivos, como fazer um casal que você gosta ficar junto, mesmo que ele não fique junto na história original; ou até mesmo criar uma ideia de algo que pode ter acontecido, mas que a história original não explicou ou não deixou claro.

Ficwriter: aquele que escreve fanfics.

Fanart: são os desenhos feitos pelos fãs. Da mesma forma que as fanfics, esses desenhos podem englobar tanto coisas que, de fato, aconteceram na história original como coisas que os fãs gostariam que tivesse acontecido.

Plot: é a “linha” ou a “história” que o livro ou série (ou fanfic) segue. Para o escritor, o Plot é quase um dos primeiros passos que a pessoa faz, pois é como ela enxerga a sua história e qual será o rumo que a mesma irá tomar. Não é o texto corrido, finalizado, mas sim aquele esqueleto de ideias que irá originar a obra.

Plot Twist: ocorre principalmente quando a história parece seguir numa direção certa e previsível, mas, de repente, acontece algo totalmente imprevisível ou extraordinário. É, geralmente, algo que deixa a pessoa que está lendo (ou assistindo) surpresa, angustiada ou com aquela sensação de “mind-blowing” (em tradução literal, “cabeças explodindo”).

Spoiler: é um adiantamento de algo importante da história que você está lendo/assistindo, seja uma cena ou o final da história. Receber um spoiler, para muitas pessoas, significa acabar com a graça de ver os acontecimentos se desenrolando.

Muitos autores de fanfics, inclusive, gostam de deixar claro em seus sumários ou descrições determinados “spoiler alerts”, indicando a presença de coisas que se passam em filmes ou livros que o leitor pode ainda não ter visto.

Crossover: é a mistura entre duas histórias/dois universos diferentes. Pode acontecer tanto em fanfics quanto nas histórias originais (como ocorre atualmente com as séries de Flash e Arrow da DC).

Ship: é um casal de personagens da história que possuem envolvimento romântico. Os Ships podem tanto ocorrer na história original (sendo chamados de “canon”) quanto serem criados pelos fãs entre pessoas que não ficaram juntas originalmente (sendo chamados de “fanon”).

A palavra (e o seu verbo, “shippar”), contudo, se tornou bem comum nos últimos tempos, indicando, inclusive, casais da “vida real”. A expressão “eu shippo Fulano com Ciclano” é algo corriqueiro em conversas pelo twitter ou facebook.

OTP: sigla de “One True Pairing”, que siginifica aquele casal que você, como fã, não consegue ver separado de forma nenhuma. Você também não aceita que nenhum dos dois (ou 3, 4, 5…) daquele casal fiquem com outras pessoas.

BROTP: é aquele casal de amigos que você não consegue ver brigados (pelo menos, não por muito tempo). São os melhores amigos (os BFF’s) que sempre serão amigos e sempre estarão juntos para o que der e vier.

Slash/Yaoi: indica relacionamento romântico/sexual entre homens (dois ou mais homens).

Femmeslash/Yuri: indica relacionamento romântico/sexual entre mulheres (duas ou mais mulheres).

PWP: sigla de “Plot, What Plot?”. É uma sigla utilizada para (principalmente) fanfics que não tenham nenhuma “história” em si e que falam somente sobre um encontro sexual. Basicamente, é uma fanfic que só vai ter uma (ou várias) cenas de sexo, quase sem outro propósito.

Smut: usado para indicar as fanfics que possuem um plot, mas também possuem grande conteúdo sexual ou várias cenas de sexo.

POV: sigla de “Point of View”. Trata do ponto de vista de algum personagem da história.

WIP: sigla de “Work in progress”. Indica trabalhos que ainda não estão finalizados/ainda estão em publicação.

Hiatus: indica trabalhos que ainda não estão finalizados, mas que, por algum motivo, estão paralisados e não se sabe corretamente quando voltarão a ser publicados.

Um beijo e até a próxima.

Malu Chan

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s